Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 KIA - Um pouco de História em Ter 02 Maio 2017, 19:54

Pipobia

avatar

KIA MOTORS

Sabe qual é uma das montadoras que mais cresce no mundo atualmente? Se, entre as opções respondidas não estiver a coreana KIA MOTORS, você não é uma pessoas fanática por automóveis. O atual slogan da marca – “O Poder de Surpreender” – representa o compromisso mundial da KIA em superar as expectativas dos consumidores através da contínua inovação automotiva com modelos extremamente arrojados e avançados.

A história
A história da montadora começou exatamente no dia 9 de junho de 1944 com a fundação na cidade sul-coreana de Seul da Kyongseong Precision Industry, que tinha como propósito construir rodas para bicicletas. Durante a Guerra da Coréia, entre 1950 e 1953, a empresa mudou suas instalações para a cidade portuária de Pusan, no sul do país, adotando oficialmente o nome de Indústrias Kia. A primeira sílaba “KI" significa sair ou acordar para o mundo, já a letra “A" significa Ásia, assim KIA significa: acordar ou sair da Ásia para o mundo. A escolha desse novo nome demonstrava os ambiciosos planos de expansão da empresa, que iam muito além do continente asiático. Foi neste período, em 1952, que a empresa produziu sua primeira bicicleta, chamada Samchonriho. Após o fim da guerra a KIA resolveu montar outra fábrica, na localidade de Shiheung, para poder dar vazão às encomendas de bicicletas.


Nos anos seguintes a empresa não parou de crescer, e, em 1961, iniciou a produção de motores para scooters. Sua evolução natural como empresa de meios de transporte foi confirmada no ano seguinte com a criação de um pequeno veículo comercial de três rodas. Em 1965 se tornou a primeira empresa coreana a exportar bicicletas para os Estados Unidos. No início da década de 70, a KIA estabeleceu-se como construtora de veículos comerciais, especialmente com os modelos Titan, que acabou virando sinônimo de caminhão no país, e Boxer. Nesta época, devido ao enorme crescimento da empresa, em 1973 foi construída uma nova fábrica em Sohari, que rapidamente começou a produzir motores a gasolina. Finalmente, em 1974, a KIA apresentou ao público coreano seu primeiro carro de passageiros, um compacto chamado Brisa. No ano seguinte, a KIA foi responsável pelo primeiro automóvel de exportação da Coréia do Sul, quando embarcou para a Grécia e para o Oriente Médio suas primeiras unidades. Pouco depois, confirmando cada vez mais seu crescimento acelerado, a empresa comprou a ASIA MOTORS, uma tradicional montadora de veículos comerciais.


No final desta década, a KIA, que havia iniciado a produção de motores a diesel em 1978, já tinha conquistado uma boa reputação internacional, o que lhe permitiu ser escolhida em 1979 para fabricar os modelos Peugeot 604 e Fiat 132 para o mercado sul-coreano. Apesar do sucesso, no início da década de 80 a KIA entrou em declínio e passou por um processo de reestruturação. Assim, durante a primeira metade desta década, apostou essencialmente na produção de veículos comerciais, entre os quais se destacavam os modelos de caminhões Bongo, que tinham capacidade de carga de 1 tonelada, além do Bongo Coach, uma espécie de mini-ônibus, e o caminhão Ceres, um dos veículos de maior sucesso da montadora introduzido no mercado em 1983.


Com sua recuperação, os japoneses da Mazda e da C. Itoh investiram na KIA ainda em 1983, além da norte-americana Ford em 1986, permitindo à marca coreana apostar na pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Dessa forma, no final da década surgiram modelos de automóveis mais modernos e avançados como o Conord e o Capital. Nesta época a montadora atingiu a marca histórica de 1 milhão de veículos produzidos desde sua fundação. Em 1990 a montadora adotou o seu nome atual, KIA MOTORS, e inaugurou uma nova fábrica que lhe permitiu duplicar a produção e atingir a marca de 700 mil veículos fabricados por ano. No ano seguinte a KIA se lançou de vez no mercado internacional com os modelos Sephia e Sportage, este último com características de um veículo utilitário esportivo, ingressando no mercado europeu.


Em 1992, a montadora oficialmente inaugurou sua subsidiária americana, ingressando assim no então maior mercado automobilístico do mundo. O 50º aniversário da marca, comemorado em 1994, foi marcado pelo lançamento do primeiro motor coreano de 16 válvulas a gasolina. Em julho desse mesmo ano, seus veículos começaram a ser comercializados em Portugal. No ano seguinte, a KIA iniciou a produção dos automóveis Sephia na Europa e dois anos mais tarde lançou de uma vez três novos modelos: o Carnival (primeiro minicarro coreano), o esportivo Shuma e uma nova série de caminhões. Mas todo esse processo de expansão e internacionalização da marca teve um preço alto, e, entre 1997 e 1998, a KIA esteve muito perto da bancarrota, mas acabou sendo adquirida pela rival Hyundai. Assim, surgiu o conglomerado HYUNDAI KIA AUTOMOTIVE GROUP.


Na virada do novo milênio a KIA MOTORS apresentou sua nova identidade visual com o tradicional logotipo vermelho oval. Em 2005, a KIA MOTORS introduziu seu novo slogan “O Poder de Surpreender” (The Power to Surprise) com o objetivo de fortalecer sua imagem e demonstrar os objetivos da montadora em exceder as expectativas dos consumidores com o desenvolvimento de automóveis avançados e com designer extremamente arrojado. Comprovando que o poder da KIA de “surpreender” foi assimilado ao redor do mundo, seus produtos e serviços conquistaram numerosos prêmios, graças à atualização de sua linha de veículos e a agilidade da empresa, que é uma das marcas automotivas com crescimento mais rápido do mundo. Desde então, a marca KIA é a que mais cresce no Reino Unido, se transformando em um verdadeiro sucesso também em outros mercados europeus, nos Estados Unidos e principalmente nos países emergentes.


Recentemente, a KIA lançou globalmente o moderno e ousado SOUL, que no Brasil utilizou como jargão a criação de uma nova categoria de veículos no país, a de “carro design”. Aliás, design é o foco de crescimento da KIA no mundo. A montadora, inclusive, já redesenhou a grade frontal de seus veículos para fazer alusão às presas de um tigre, o que ilustra bem a meta de abocanhar o mercado mundial.


A linha do tempo
1986
● Lançamento da KIA BESTA, uma van utilitária que se transformou em um dos maiores sucessos da montadora.
1988
● Lançamento dos caminhões KIA RHINO (com capacidade para 5 toneladas) e KIA TRADE (com capacidade para 2.5 toneladas).
1992
● Lançamento do KIA POTENTIA, um luxuoso sedã, e do KIA SEPHIA, um automóvel de porte médio.
1993
● Lançamento do KIA SPORTAGE, um utilitário esportivo compacto. Atualmente, com design arrojado e esportivo, o KIA SPORTAGE é o parceiro ideal dos aventureiros que durante a semana utilizam o veículo na cidade e nos fins de semana saem do asfalto em busca de emoções Off-Road. A principal razão de seu sucesso atual está em seu projeto. Desenvolvido a partir de pesquisas realizadas nos Estados Unidos e na Europa, a nova geração do veículo evoluiu e contempla fatores como o prazer de dirigir, design inovador sem abrir mão de qualidade, segurança e tecnologia agregada. Recentemente o modelo ganhou sua nova geração, extremamente arrojada e moderna.
1995
● Lançamento do KIA CREDOS, um sedã de porte médio.
1996
● Lançamento do KIA ELAN, primeiro automóvel esportivo da marca coreana.
1997
● Lançamento do luxuoso sedã KIA ENTERPRISE.
1999
● Lançamento da KIA CARNIVAL (conhecida em alguns mercados como SEDONA), uma van direcionada para pessoas que procuram mais do que espaço, conforto, praticidade e segurança em um único veículo. Sua proposta atende às necessidades de famílias numerosas e também em serviços de transporte de luxo. Completamente redesenhada recentemente, a moderna KIA CARNIVAL apresenta uma riqueza de características que a destacam em seu segmento. Com capacidade para 8 pessoas, está mais versátil, espaçosa, aconchegante e elegante, sendo prática no uso do dia-a-dia e ideal para passeios aos finais de semana com familiares ou amigos.
● Lançamento da KIA CARENS, uma minivan de médio porte que se destaca por possuir três fileiras de assentos que permitem grande flexibilidade para a acomodação confortável de até 7 pessoas.
2000
● Lançamento do sedã de porte médio KIA CERATO (conhecido em alguns mercados como SPECTRA ou FORTE). Recentemente, em 2009, a montadora lançou a mais nova geração do modelo (conhecido no Brasil como KIA NOVO CERATO). Quem assina o novo e atraente visual é Peter Schreyer, responsável pelo design do KIA SOUL.
● Lançamento do KIA RIO (conhecido em alguns mercados como PRIDE), outro veículo compacto da montadora coreana que possuía um design moderno. O modelo ganhou sua nova versão (a terceira) em 2011, sendo comercializado nas versões sedã e hatchback (carro sem porta-malas saliente).
● Lançamento mundial da KIA BESTA GS GRAND, modelo maior que a original, com capacidade para 16 lugares e motor a diesel de 3.0 litros.
● Lançamento do KIA RETONA CRUISER, um jipe esportivo.
2001
● Lançamento do KIA MAGENTIS (também conhecido como OPTIMA no mercado europeu), um sedã de porte médio-grande, que foi totalmente projetado pensando nos motoristas que desejam conforto e prazer ao dirigir, seja para uso no dia-a-dia, no trabalho ou nos passeios com amigos e familiares. No interior do modelo o requinte é visível na qualidade de seu acabamento e o conforto nos equipamentos do veículo. Direção e bancos com revestimento em couro, banco traseiro com descansa-braço central e porta copos, rádio CD player com controle remoto no volante, antena eletrônica instalada no vidro traseiro e ar condicionado digital são alguns dos equipamentos de série do modelo. Recentemente foi lançada a mais nova geração do modelo.
2002
● Lançamento do KIA SORENTO, um utilitário esportivo de porte médio, que reúne as principais características de um veículo 4x4, como por exemplo, conforto e desempenho de automóvel de passeio, oferecendo o máximo em qualidade e tecnologia por um custo/benefício excelente. Recentemente o modelo recebeu o prêmio máximo de segurança em teste de impacto frontal e lateral do NHTSA (Departamento de Segurança de Tráfego em Rodovias Nacionais dos Estados Unidos) atestando sua qualidade e robustez.
2003
● Lançamento do KIA OPIRUS (também conhecido em alguns mercados como AMANTI), um sedã extremamente luxuoso.
2004
● Lançamento do KIA PICANTO, um automóvel compacto é ágil, ideal para as grandes cidades. Com design renovado e atraente, porém mantendo o espírito jovem, esportivo e prático da versão original, a nova versão acomoda confortavelmente motorista e passageiros, apresentando ainda um conjunto de itens de série que fazem jus à classificação de compacto Premium.
2006
● Lançamento do KIA Cee’d (sua pronúncia é “CIID”), especialmente desenvolvido para os consumidores europeus. O modelo é o primeiro veículo a ser projetado e fabricado na Europa, e trouxe uma grande revolução para a marca. Os mais altos padrões de criação e estética ao estilo europeu foram aplicados em todos os aspectos, exterior, interior, equipamentos e acessórios. Atualmente o modelo oferece opções de 3 e 5 portas, além da versão perua.
2008
● Lançamento do KIA MOHAVE (conhecido como BORREGO em alguns mercados), um SUV de grande porte que possui estilo e personalidade própria. O MOHAVE, capaz de levar confortavelmente 7 pessoas, é equipado com o primeiro motor V8, o que o caracteriza como o mais potente modelo até hoje fabricado pela montadora.
● Apresentação oficial do KIA SOUL, um crossover urbano com design moderno e agressivo. O novo modelo oferece uma ampla seleção de estilo, conforto e opções de equipamentos que redefinem o conceito de liberdade.
2009
● Lançamento do KIA KOUP, uma versão maior e mais esportiva do modelo CERATO, posicionado como um cupê esportivo extremamente arrojado equipado com um motor 2.0 de 156 cv.
● Lançamento do KIA CERATO LPI HYBRID, primeiro carro híbrido de produção da montadora coreana, levando a submarca Eco-Dynamics, e focando na redução de emissões e economia de combustível.
2010
● Lançamento oficial do KIA CADENZA (comercializado como K7 na Coréia do Sul), um sedã de porte grande extremamente luxuoso. O nome do novo sedã é derivado de um termo musical italiano utilizado para descrever um som elaborado e ornamentado para um concerto ou uma ária. Segundo a marca, o nome simboliza a filosofia de design na qual é destacada a dinâmica e sua imagem exclusiva. O modelo tem 4.97 metros de comprimento e assumiu o lugar do KIA OPIRUS.
● Lançamento do novo KIA CERATO HACTH, versão do modelo original com cinco portas.
● Lançamento oficial do KIA VENGA, uma minivan compacta extremamente ágil e moderna.
2011
● Apresentação do KIA RAY EV, primeiro veículo elétrico da Coréia do Sul. Esse carro urbano com zero emissão, especialmente desenvolvido para o mercado coreano, possui ótimo desempenho, com alcance de até 139 km com uma única carga.


Design arrojado
Sé há um grande responsável pela mudança de imagem que a marca KIA vem sofrendo nos últimos anos, este é Peter Schreyer, chefe de design da montadora sul-coreana. Oriundo da Audi, onde trabalhou por 25 anos e foi literalmente o “pai” do modelo esportivo TT, um verdadeiro marco da montadora alemã, Peter é o principal responsável pelos mais recentes modelos da KIA. Alemão da Bavária, ele não fala coreano. Mas, nos últimos seis anos ele traduziu com sucesso e arrojo a linguagem que a KIA queria imprimir em seus automóveis. Ele assumiu a diretoria geral de design da marca com a missão de definir um estilo exclusivo para toda a linha. E conseguiu: comandou com eficácia a equipe que criou o bem-sucedido SOUL, além de modelos como CERATO, CADENZA, SORENTO, SPORTAGE, PICANTO e RIO, isto sem falar do novo MAGENTIS (Optima) e do VENGA. O resultado deste trabalho? A KIA se tornou hoje em dia uma das mais vibrantes, modernas e arrojadas marcas do setor automobilístico mundial. O principal DNA dessa nova fase de design da KIA se concentra principalmente na grade dianteira, com o elemento que a marca sul-coreana apelida de “rosnar de um tigre”.


A KIA inaugurou seu primeiro centro de design em 1977. O principal centro de design e pesquisa da KIA MOTORS, conhecido como Namyang Design Center, está localizado em um distrito central da cidade de Seul, e está instalado em um moderno prédio envidraçado que revela formas geométricas obtusas. Além disso, a montadora coreana mantém outros centros de design em Frankfurt (onde Schreyer comanda uma equipe com mais de 250 talentosos profissionais), Los Angeles e Tóquio.


A evolução visual
Ao longo dos anos o logotipo da KIA passou por radicais transformações. O logotipo original era representado pela fachada estilizada de uma fábrica com chaminé, símbolo do progresso industrial da época. Somente na virada do novo milênio a marca introduziu o seu tradicional logotipo oval vermelho (que nos automóveis ganhou a cor preta). Esse logotipo foi sendo modernizado nos anos seguintes até adquirir sua imagem atual.


Os slogans
The Power to Surprise.
Ahead of its time. (MAGENTIS)
Connecting to the new dynamic world. (CADENZA)
Free Your Mind. (SOUL)
O Carro Design. (SOUL, Brasil)
Innovation Beyond Change. (CERATO)
Everlasting Impression. (SPORTAGE)
Colorful Mind. (PICANTO)
The Car Powerd by Passion. (RIO)
Irresistible Fascination. (KOUP)
Responds to your life. (cee’d)
Everyday New Space. (CARENS)
Reliable Multi-Player. (CARNIVAL)
Highline Cruiser. (SORENTO)
Inspiring Performance. (MOHAVE)


Dados corporativos
● Origem: Coréia do Sul
● Fundação: 9 de junho de 1944
● Fundador: Um grupo de empresários
● Sede mundial: Seul, Coréia do Sul
● Proprietário da marca: Hyundai Kia Automotive Group
● Capital aberto: Sim
● CEO & Presidente: Lee Hyoung-keun
● Faturamento: US$ 36.6 bilhões (2010)
● Lucro: US$ 2.29 bilhões (2010)
● Valor de mercado: US$ 22 bilhões (dezembro/2011)
● Fábricas: 13
● Concessionárias: 3.900
● Produção: 2.089.355 (2010)
● Presença global: 172 países
● Presença no Brasil: Sim
● Maiores mercados: Coréia do Sul, Estados Unidos e China
● Funcionários: 44.000
● Segmento: Automobilístico
● Principais produtos: Automóveis e veículos comerciais
● Principais concorrentes: Toyota, Honda, Nissan, Ford, GM e VW
● Ícones: A grade frontal
● Slogan: The power to surprise.
● Website: http://www.kiamotors.com.br/

A marca no Brasil
A KIA MOTORS ingressou no mercado brasileiro em 1992 com a importação e comercialização de quatro modelos: o sedã Sephia, a van Besta e os veículos comerciais Ceres e K3500. A aceitação da marca coreana foi percebida desde o início das vendas, especialmente da Besta que alcançou números expressivos nos primeiros anos de comercialização se tornando rapidamente sinônimo de van no mercado brasileiro. Para se ter uma idéia destes números, nos anos de 1997, 1998 e 2001 a KIA Besta foi o veículo importado mais emplacado no país, resultado tão significativo que em 1997 e 2001 a KIA do Brasil se tornou o maior distribuidor da montadora no mundo. Seguindo sua cronologia, em 1995, a montadora lançou o Sportage, oferecendo ao consumidor um utilitário esportivo 4x4 com opção de motor à gasolina ou a diesel.


Em junho de 1999 os clientes receberam a minivan de luxo Carnival como opção para quem precisava de espaço e um transporte seguro. Grandes novidades em 2004 vieram consolidar a presença da marca no mercado nacional e ampliar o compromisso da KIA em oferecer aos clientes produtos modernos, com qualidade, tecnologia e adequada relação custo/benefício. Sucesso de vendas nos Estados Unidos e na Europa, o utilitário esportivo mais nobre da marca foi apresentado aos brasileiros durante o Salão Internacional do Automóvel em São Paulo. Além do Sorento, a nova Besta e a caminhonete Bongo, capaz de suportar 1.530kg de carga, também se destacaram entre as novidades do ano. Para reforçar o novo status e imagem da marca, apresentados aos brasileiros inicialmente com o Sorento, a montadora começou em fevereiro de 2005 as vendas do novo utilitário esportivo Sportage e do sedã de luxo Opirus. No ano seguinte, também em fevereiro, lançou o sedã Cerato para ingressar em um segmento de grande competitividade. Em julho ousou ao iniciar as vendas de dois novos produtos: o sedã médio de luxo Magentis e a minivan Carnival. Modernos, os dois modelos atestam toda a qualidade e capacidade da KIA em produzir veículos com qualidade e tecnologia de ponta. Em agosto iniciou a importação do compacto Picanto.


Mais do que ampliar a oferta de produtos da marca no país, o modelo chegou criando um nicho dentro do segmento de compactos: o de compacto premium e com opção de câmbio automático, item exclusivo neste segmento. A linha de veículos de passeio 2007 passou a ser oferecida com a maior garantia do país, cinco anos sem limite de quilometragem e 10 anos contra perfuração de chapa. Em função do novo “line-up” da marca, a KIA MOTORS vem reestruturando sua rede de concessionárias no país, que possui atualmente mais de 150 unidades. Algumas estão sendo substituídas para adequar ao perfil de atendimento da marca, e outras estão sendo nomeadas dentro do processo de expansão da rede em território brasileiro. Em 2010, a KIA vendeu no país 54.445 unidades, e caminha para um novo recorde de vendas no Brasil em 2011, afinal, no primeiro semestre foi a montadora que mais cresceu. Neste ano a KIA anunciou uma série de novos modelos: o esportivo Koup (Cerato cupê), a nova geração do Sportage, o sedã de porte grande Cadenza, o Soul Flex e o novo Picanto. Atualmente, mais de 210.000 unidades de veículos KIA já circulam pelas ruas brasileiras.


A marca no mundo
A KIA MOTORS, mais antiga produtora de veículos motorizados da Coréia do Sul, exporta seus veículos para 172 países ao redor do mundo que são comercializados através de uma enorme rede com mais de 3.900 concessionárias. As 13 fábricas de produção e montagem da montadora instaladas em 8 países, fabricaram em 2010 mais de 2 milhões de veículos. A KIA possui hoje mais de 44.000 funcionários e faturamento anual de aproximadamente US$ 18.5 bilhões. Em 2009, a KIA foi a oitava montadora que mais vendeu carro no mercado americano. Em 2010, o modelo CERATO (conhecido também como Forte em alguns mercados) foi o carro mais vendido pela empresa internacionalmente, com mais de 403 mil unidades comercializadas.

Você sabia?
● Originariamente, a van sul-coreana tinha o nome BEST A (em inglês “Melhor A”), mas no logotipo fixado na carroçaria do veículo podia-se ler BESTA, fato que provocou dúvidas entre os dirigentes da importadora em adotar este nome.
● Ultimamente a marca tem investido muito em marketing nos últimos anos, contratando o tenista Rafael Nadal como embaixador global e patrocinando o Aberto da Austrália, a Euro 2012, a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e a Copa América.

piratpiratEverlasting Impression



Última edição por Pipobia em Qua 03 Maio 2017, 13:12, editado 1 vez(es)

2 Re: KIA - Um pouco de História em Qua 03 Maio 2017, 09:24

KiaRunner

avatar

Sempre a surpreender.

Grato pela partilha Pipobia.



cheers  Kia Rules cheers

3 Re: KIA - Um pouco de História em Qua 03 Maio 2017, 10:42

Ceed72

avatar

Uff consegui acabar de ler Very Happy
:LIKE

só acho é que devias colocar no título do post - Kia

4 Re: KIA - Um pouco de História em Qua 03 Maio 2017, 12:27

aclab



5*

5 Re: KIA - Um pouco de História em Qua 03 Maio 2017, 12:58

Wared

avatar
Medalha de bronze Kia Clube
Medalha de bronze Kia Clube
É sempre bom saber. Cool

6 Re: KIA - Um pouco de História em Qua 03 Maio 2017, 15:57

Pipobia

avatar

Ceed72 escreveu:Uff consegui acabar de ler Very Happy
:LIKE

só acho é que devias colocar no título do post - Kia

Feito

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum